1.20. Câmbio automático

Depois de lançamento do motor e inclusão de um passo para incluir um freio. De outra maneira o carro "rangerá". Não apertar fora ao mesmo tempo um pedal de um acelerador e freios.

Tendo escolhido o modo do movimento "D", trocou automaticamente a transmissão ao programa econômico do movimento. No modo do movimento "D" ele é possível praticamente sempre de ir.

Pela prensagem suave do pedal de acelerador há uma primeira comutação a transferências para o consumo de combustível econômico. A comutação manual é só necessária em casos excepcionais. "3", "2" e "1" - só se quer evitar ligar à transferência mais alta ou freando pelo motor.

Logo que a situação de caminho, novamente para ligar a "D" permita.

Provisões da alavanca de comutação de P, R e N

Р = estacionamento. As rodas avançadas bloqueiam-se. Só no carro permanente e o freio de emergência ligado.
R = apoio. Só incluir o carro pristoyashchy.
N = provisões neutrais e perder tempo.

Na situação "P" ou "N" para começar o motor. No momento do deslocamento de engrenagem para não dar o gás.

É possível propor a alavanca da situação "P" só na ignição incluída e o freio comprimido.

Passo de D

D = situação longa de condições normais de condução em transferências 1 - 4.

Depois do lançamento do motor e inclusão a transmissão "D" sempre trabalha no modo da condução econômica.

Passo 3

3 = situação para dirigir em transferências 1–3.

Passo 2

2 = situação para dirigir nas 1as e 2as transferências, por exemplo, na montanha serpentino; ao mesmo tempo a caixa não liga às 3as e 4as transferências.

Passo 1

1 = situação do esforço de freio máximo, por exemplo, em descidas abruptas, uma caixa não liga a transferências mais alto do que 1.